Comunicación | 26º Encontro Nacional da APECV. Guimaraes, Brazil. 2014.

Descripció de projecte

Client
 26º Encontro Nacional da Associação de Professores de Expressão e Comunicação Visual / 2º Congresso Internacional da Rede Ibero-Americana de Educação Artística: Artes, Comunidade e Educação
Data
 30 de mayo - 1 de junio, 2014. Guimaraes, Brazil.
Categoria
Publicacions
URL projecte
 Visita en línia
Judit Vidiella
Judit Vidiella

Colectivacções: construir redes de formação-acção em escolas de arte e contextos locais.

PDF del text →

Resumo

A presente comunicação reconstrui um processo e projeto educativo inter e transdisciplinar ainda aberto e ativo, que começou há 2 anos numa colaboração entre uma escola de Arte (Escola Superior de Disseny i Art Llotja) e um espaço de mediação e produção artística para artistas emergentes (Sala d’Art Jove) em Barcelona. O projeto sai da necessidade de repensar o papel da formação nas Escolas da Arte, ainda centrado nos paradigmas modernistas de educação artística (Marin 1998), para abrir a formação dos professores e dos estudantes ao campo das políticas culturais de investigação, produção, comunicação e mediação com o contexto (Ellsworth 2005; Garoian 2001; Mörsch 2007).

O primeiro ano começou com um projeto entre 3 cadeiras (escultura, pintura e cerâmica) sobre Cartografias urbanas. Depois da fase de investigação e análise de projetos existentes na mesma linha com artistas jovens da Sala de Arte convidados, (que no mesmo ano estavam produzindo projetos artísticos com uma temática semelhante); trabalho de campo no bairro; etnografia urbana, etc. e finalizada a exposição coletiva dos projetos, o diagnóstico final conduziu-nos à necessidade de repensar a formação artística atual, individual e muito centrada na produção, para abrir a formação ao contexto: centros culturais, associações, espaços de produção, escolas de ensino secundário, etc.

Com este fim, o segundo ano, houve uma continuidade e vontade de seguir com o projeto de formação transdisciplinar com o tema Patrimônio, mas abrimos um espaço para toda a comunidade educativa e artística de Barcelona, numas jornadas em uma fábrica de artes de Barcelona (Fabra i Coats), dirigidas principalmente a estudantes de escolas de arte e educação secundária, com o fim de repensar questões sobre as práticas de comissariado, produção, comunicação e educação-mediação.

A estrutura deste seminário de formação, tinha a intenção de abrir debates durante 3 dias com o formato de comunicações nas manhãs, e workshops de formação nas tardes, onde os projetos em curso dos estudantes de LLotja (ainda por acabar), eram analisados e discutidos com estudantes de outras escolas de Arte a partir dumas pastas educativas que criamos, e que abriam uma serie de análises e pontos críticos (criar relações com o contexto; repensar a instituição no só como caixa vazia senão como espaço de mediação; criar articulações com os diferentes agentes e espaços; a relação entre obra artística e projeto com as estratégias de comunicação e mediação, etc.).

A partir deste estudo de caso, a finalidade da comunicação é apresentar como marco de análise e debate a proliferação de discursos sobre a educação na arte (Rodrigo 2012, 2010b, 2008, 2007) e a ‘volta educativa’ (Rogoff 2008) nas práticas culturais; assim como a complexidade das pedagogias culturais e as estratégias do que venho a chamar as pedagogias de contato (Clifford 1999; Vidiella 2012a, 2012b) nos espaços de formação, e as resistências e elementos a repensar como formadores de professorado e alunado na educação artística: o mito do artista génio; a individualidade da produção artística; a necessidade de experimentar com a performance para romper os momentos de resistência na aula, etc.

Palavras-chave:

Pedagogias coletivas; intervenção no contexto; formação em curating, produção, difusão e mediação; inter e transdisciplinariedade; políticas culturais; educação artística em contextos formais e culturais.

Preguntes frecuents
Pregunta 1
aldkjfd
Pregunta 1
conteinguitadfasdf